Diário Lagartense - Ano 2 - O tempo de Deus é perfeito!

Garotinha de apenas seis anos foi estuprada com um cabo de vassoura pelo padastro em SE

In Sergipe on 14 de fevereiro de 2013 at 15:50

grande-estupro-barra14022013

Mais um caso de estupro choca a população sergipana e a polícia. Um flanelinha confessa que abusou sexualmente da sua enteada de seis anos de idade e introduziu um cabo de vassoura no ânus da menina. Todo o fato ocorreu na residência do flanelinha identificado como Rogério Pereira, de 24 anos.

Rogério conta que a esposa, uma pescadora, de 34 anos, tinha saído da casa para fazer compras. O flanelinha estava na residência com o filho de dois anos. “Eu fiquei em casa tomando conta do meu filho e da menina e de repente veio na minha cabeça cometer o estupro e fiz. Depois que eu coloquei o cabo da vassoura no ânus dela a mãe dela chegou e viu tudo”, detalha Rogério que não demonstra nenhum arrependimento.

“A prima dela ligou para a minha mulher e disse o que tinha acontecido. Ela também ligou para a polícia. Quando os policiais chegaram à minha casa eu não fiz nada, não tentei fugir não”, fala.

Sobre o relacionamento com a mãe da menina, o flanelinha fala que mora com a pescadora há cinco anos e que tem um menino de dois anos com a mulher. “A casa que moramos é dela, eu também tenho um filho de seis anos”, conta.

Sobre o uso de drogas ou bebidas alcoólicas, Rogério enfatiza “Nunca usei nada de droga, nem maconha, de vez em quando eu bebo, mas ontem eu não tinha bebido nada, tinha passado o dia todo em casa deitado”.

.

grande-delegado-jeferson-alvarenga14022013

.

O flanelinha diz ainda que trabalha na Praia da Costa e que tinha planos de realizar o cadastro para atuar como pescador. Questionado sobre a gravidade do crime, Rogério afirma que tem ciência do fato. “Eu sei o que fiz, não adianta falar que não sei o que estava fazendo para dar um de bonzão. Agora é pagar pelo que fiz”, responde Rogério que ressalta que permanece preso na Delegacia Plantonista.

O relato sem demonstrar emoção chocou até policiais experientes. “Ele não nega a autoria e conta como tudo ocorreu”, fala o delegado Jefferson Pires de Alvarenga que acrescenta que o inquérito será concluído pela Delegacia da Barra dos Coqueiros.

Por Kátia Susanna

.

O Portal Diário Lagartense, não é portador dos direitos autorais e intelectuais desta notícia, e isenta-se de qualquer responsabilidade quanto ao seu conteúdo. A responsabilidade, autoria e créditos da notícia acima pertencem ao site:

http://www.infonet.com.br/cidade/ler.asp?id=140474

About these ads

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: